Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Réplica ao Rafa!

Bem, a vida é curta mas é grande, e o mundo é pequeno. Temos que sair sim, viajar sim, conhecer sim, REconhecer sim. Papear sim, beber sim, curtir sim, ser turista não. Talvez um turista interno para se conhecer melhor.... quanto menos "local" você for dentro de você, mais as chances de se conhecer melhor.
E, peraí, isso era um comentário para o post do Rafa (Rafa, quase coloquei teu blog aqui como referência, mas senti que precisa de autorização tua...) mas tá ficando bacana e quero postar no meu blog... hihihh Valeu pela inspiração Rafa querido.
Mas sério, agora voltando, ser turista não, porque ser local é melhor! Sempre...entrar nas ruelas, em botecos perdidos, em parques proibidos, subir uma escada pra ver onde dá (Berlin, isso me lembra Berlin, né Kiko? - interrupção rápida, estávamos na parte oriental de Berlin passeando à noite, Kiko e eu, e passamos na frente de um prédio onde, na 'portaria', aberta e sem porta, tinha uma espécie de feirinha, com som, um cara vendendo umas camisetas doidas, outro vendendo uns quadros, e no final havia uma escada que subia o prédio todo... uma mistura de sons, de pessoas, de cheiros, de luzes e fumaças, e principalmente de personalidades, nos criou uma curiosidade inevitável e fomos subindo. Depois de dois lances de escada (mais ou menos), deu numa boate/bar, não sei o que porque não entramos....enfim, foi muito interessante, e esse tipo de lugar não tem no guia, não tem no tripadvisor, não tem no footprint, não tem no lonely planet. A amiga da tua prima não conhece esse lugar, e não vai te recomendar nada nem parecido.
Quando viajar, é bom se largar no meio da cidade e ir. Pra onde? não sei... direita, esquerda, suba uma ladeira suspeita, suba no bonde passando de repente e desca quando quiser. Ser local é isso também. Quando se tem amigos morando, é melhor ainda, mas não deixe de viajar porque não tem ninguém, não conhece ninguém. Vá, porque você não estará sozinho. Haverá outras pessoas, talvez até na mesma condição que a sua.... buscas parecidas, e culturas diferentes. É um encontro incrível, conhecer pessoas de outros locais, em um terceiro local.
Enfim, tô viajando aqui, nem sei como esse assunto começou. Estou na verdade papeando com meu computador! Estou falando em voz alta na medida em que estou escrevendo. Chega, vou trabalhar um pouco!
Affff, viu? Foi só escrever sobre o sumiço que deu vontade de voltar a escrever...
ai ai ai!
Forte abraço!!!!

4 comentários:

  1. Eu já ia comentar sobre o sumiço, mas viajei na réplica! E não tem coisa melhor que ser "turista alternativo", sem rumo, no busão, comendo nos botecos da vida! Abaixo a CVC!!! :-)

    ResponderExcluir
  2. Abaixo a CVC foi tudo!!!! figura Edu!!!
    beijo grande

    ResponderExcluir
  3. Putz..entendi! Tem uma casa há algumas quadras da minha para a qual viajo: gente, sons, papo.. tudo íntimo como sendo "Local", mas com um brilho intenso de vida e novidade, coisa de "turista"... Minha linda, vc tem toda autorização do mundo pra qualquer coisa sobre o meu blog. Saudades suas "ao vivo e à cores". Bj

    ResponderExcluir
  4. Rafa querido! que bom que você enxerga meu casulo desta maneira...de coração!!!
    figurinha mega querida você!
    o virtual ajuda a aproximar, mas o ao vivo, ahhhhhhhhhhhhhh o ao vivo... tsc tsc, sem comparações!
    beijo do lado esquerdo!

    ResponderExcluir