Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Tirei uma carta de Tarot hoje... vejam o que saiu, a minha carta do dia:

"O arcano VI do Tarot, chamado “Os Enamorados”, emerge como arcano conselheiro neste momento de sua existência, Bia. A recomendação para este momento é que você cesse os movimentos a fim de fazer escolhas mais racionais, uma vez que você se verá numa encruzilhada difícil de resolver. Não faça escolhas a partir de caminhos aparentemente mais fáceis, não se deixe guiar por impulsos emocionais levianos. Aceite a dúvida como algo que liberta, que permite que se pense melhor sobre tudo. Não se deixe guiar por impulsos emocionais e dê tempo ao tempo. Se você não consegue tomar uma atitude por não conseguir chegar a um resultado final, melhor nada fazer e esperar um tempo mais adequado. Conselho: Melhor esperar do que escolher precipitadamente."

Vou refletir sobre isso e voltarei mais tarde.
abraços

terça-feira, 23 de junho de 2009

Aniversário

Hoje é aniversário de uma alguém muito especial.
Uma certa alguém curiosa, interessante, cheia de vida, difícil de ser definida por palavras apenas, com um olhar radiante e distante.
Uma certa alguém que nos intriga diariamente, que nos faz pensar. Uma artista inata, com perspectivas inocentes em sua arte. Um pouco menina, um pouco moleca, um pouco adulta, um muito guerreira. É frágil dentro de sua fortaleza, e forte dentro de sua fragilidade. Uma certo alguém que tem uma gargalhada gostosa, um sorriso único e sonhos palpáveis. Sabe descrever sentimentos, mas tem medo de senti-los. Possui medos mas não tem medo de senti-los. Gosta de obstáculos, pois gosta de vencer. Não tem medo de cair pois sabe o gosto de levantar.
Tem bloqueios como todo artista, mas desistir é um verbo que não existe em seu vocabulário. Foge das convenções, se agarra em sua autenticidade, ouve, fala, sente, faz, age e acima de tudo, simplesmente É.
Sim, ela é. Prefere o verbo SER ao ESTAR.
E eu sou eternamente grata a vida por tê-la colocado em minha vida. Sou grata as fases, as possibilidades, as curiosidades, aos encontros e reencontros.
Parabéns querida e linda amiga.
um beijo carinhoso e um abraço apertado!

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Bergmam

Certa vez, Ingmar Bergmam escreveu:
"...senti a possibilidade de regressar a minha infância. Claro que isso é uma mentira inocente. A verdade pura e nua é que vivo continuamente na minha infância... Desloco-me a uma velocidade incrível, pois no fundo vivo permanentemente em MEU SONHO e faços VISITAS À REALIDADE."

não importa que o espelho esteja partido, mas sim o que refletem os pedaços quebrados...

por hoje é só.

sábado, 13 de junho de 2009

Amadurecer ou emburrecer?

"Até que ponto a vida influencia o 'viver'?
até que ponto temos o direito de escolher?
Será que são vários caminhos para um destino só? - um ponto só?
ou ainda, uma grande interrogação final apenas?
Que merda não saber!
sinto-me burra, ignorante
e de maneira estática porém instável, eu fico só...
eu + eu.
Não sei ainda se prefiro saber, a dúvida me consome e a falta me acomoda:
qual será o próximo passo? Que merda não saber!
mas ainda não sei se prefiro saber!
Me resta o riso, sem sorriso.
Gargalhada
Gargalo no vinho que sobrou
e a analogia do céu e da terra me faz filosofar.
Minha vida seria o céu
e as estrelas todas cadentes equivalem às pessoas que posso vir a cruzar
As poucas que fica se iluminam por si
e me ajudam a seguir, mas sem me ajudar a escolher!
quantas bifurcações podem existir?
mas que merda não saber!
Na verdade nada sei.
Sim, vivi e vivo...
e ainda vou viver.
Mas o tempo difere da sabedoria e isso me faz acreditar que na verdade
as dúvidas apenas aumentam, e com isso o amadurecimento é acompanhado de
emburrecimento..."
pour moi-même...

segunda-feira, 8 de junho de 2009

meu pensamento ao acordar...

"Então está finalmente chegando A Viagem,
ao outro lado da esfera
da Terra
ou da água
muitas milhas
muitas horas
muitas vidas
infinitos prazeres
Algumas expectativas a serem superadas.
E então terminarei este pensamento
quando retornar, e SE retornar...
até então, fechar sem aspas.
No dia 15 de julho de 1994, há 15 anos, eu fiz uma viagem para os EUA com a finalidade (infeliz) de visitar meu pai. Lembro-me de ter embarcado muito triste, em função de um coração partido... sim! eu tinha apenas 14 anos, mas meu coração já tinha sofrido. Adolescentes também sentem, talvez até mais do que adultos, por serem menos racionais. Talvez a sociedade esteja realmente precisando de menos razão e mais sentimento...
Enfim, voltando ao vôo... Um comissário do vôo da Transbrasil, sentou-se ao meu lado durante grande parte do vôo e conversamos muito. Ele me tratou não como uma adolescente boba chorando a toa, ele transformou o meu sentimento, ou tentou dar uma certa razão ao que sentia. Me senti adulta. Me senti, em parte, dona da razão.
Ontem a noite, vasculhando papéis perdidos na casa da minha mãe, encontrei uma carta que este comissário me entregou no final do vôo. Me arrepiei, e lembrei exatamente do que senti naquele momento. Acredito fortemente que este vôo, este momento, esta conversa me fez amadurecer, me fez crescer, me deu razão. Hoje, relendo esta carta, senti vontade de sofrer por não ter razão, por talvez, desconhecer a razão...
Estranho né? querer sofrer?
Segue abaixo as sábias palavras do comissário Fábio Quintas. (ps. não me lembro do rosto dele, mas da voz, das palavras.... ahhhh, isso ficou marcado!)
"BIANCA,
Nem tudo aquilo que idealizamos faz parte do que sentimos, apenas o sentido e o rumo certo ao qual direcionamos para as nossas glórias os nossos acertos, e os nossos lamentos para as dificuldades.
Você é menina no tempo, mas é mulher para os que te rodeiam. Nunca se guie na vida pelo teu coração, pois ele nos trai quando precisamos da razão.
Deixe tuas lágrimas para as conquistas, e os teus sofrimentos para as perdas, perdas que muitas delas fazem parte da vida, seja por inconsequência ou pela natureza.
O teu caráter será a tua marca registrada, a tua nobreza será para os que lhe admiram, mas o teu sentimento e o teu amor, será para aquele que te respeita e que enxergar em você muito mais do que apenas uma mulher, mas um ser humano bonito.
E que Deus na sua infinita bondade lhe dê paz, amor e tranquilidade, neste seu espírito de luta e grandeza.
Que os teus motivos sejam iguais aos daquele que conseguir conquistar o teu coração.
Sinceramente,
Fábio Quintas"